OUTROS DESTAQUES
Analistas questionam isenção no preço pago
quarta-feira, 10 de Janeiro de 2001 , 22h41 | POR REDAÇÃO

Mesmo elogiando a compra da Pegasus, os analistas não escondem alguns de seus temores sobre o negócio. O próprio Pactual observa que "dado o fato de que os controladores da Pegasus são virtualmente os mesmos da Telemar (Andrade Gurtierrez, GP Investimentos, La Fonte e Opportunity), há temores de que a Telemar possa estar pagando um alto preço por essa participação, como um meio de transferência de valor da Telemar para seus acionistas controladores". O Banco Fator observa, de seu lado, que a tele fixa só adquiriu ações preferenciais, o que não lhe dá direito a voto na Pegasus. Em todo caso, o Pactual acredita que o envolvimento de outros investidores de fora no negócio poderia neutralizar o risco. O fato é que ninguém consegue fazer contas para saber mais detalhes da Pegasus, que é uma empresa fechada e não presta informações ao mercado. Não se sabe quanto fatura e nem exatamente quanto foi investido nela pelos controladores.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top