OUTROS DESTAQUES
Telemar/iG é negócio decidido. Valor final fica para depois
quarta-feira, 03 de Janeiro de 2001 , 22h40 | POR REDAÇÃO

A Telemar afirmou a TELETIME News nesta quarta, dia 3, que o valor para a compra da estrutura de acesso do iG já está definido desde o final de dezembro e que a operadora tem o sinal verde de seu conselho de administração para proceder à compra do provedor de acesso. "Contratamos um banco para avaliar o negócio, até porque precisávamos dar um valor para o conselho de administração do iG. O valor foi aprovado pela administração das duas empresas", diz o diretor de marketing da Telemar, Juarez Queiroz. Segundo ele, a operadora contratou outras instituições para verificar, agora, os ativos do iG que serão comprados, como a base de usuários e os contratos com prestadores de serviços. "Esta situação ocorre em diversos casos de compra. Primeiro, faz-se uma avaliação para chegar a um valor, depois se checa os ativos que farão parte do contrato final e a parte financeira", diz Queiroz. O executivo não revela os nomes das instituições financeiras envolvidas na negociação. Os detalhes só serão conhecidos quando for publicada a ata da última reunião do conselho. Falta, por exemplo, explicar o que fará a Telemar se o iG for considerado um projeto inviável, sem nenhum valor de mercado. Ou seja, se for equiparado aos demais projetos de Internet grátis que estão fechando as portas no Brasil e no mundo.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top