OUTROS DESTAQUES
Problemas com o SMP
terça-feira, 12 de dezembro de 2000 , 20h32 | POR REDAÇÃO

O presidente da TCO levantou diversos questionamentos sobre o regulamento do SMP:
O conceito de portalibidade do número exige um sistema semelhante ao roaming nacional. Este sistema não está desenvolvido e não se tem idéia do custo deste desenvolvimento, providência necessária para a elaboração do business plan.
Não está claro quanto vai custar para as operadoras das bandas A e B a faixa de freqüência adicional
Araujo questiona o que acontecerá quando a terceira geração dos serviços móveis for oferecida. "As operadoras das bandas C, D e E não terão um tempo muito curto para firmar-se no mercado? Quanto vão custar as licenças de 3G?"
O desconto no valor da outorga relativo à devolução de parte da área está calculado sobre o preço mínimo. Isto, diz Araujo, é injusto porque o ágio pago sobre o preço mínimo faz parte do plano de negócios.
Não está claro como as empresas farão a escolha da prestadora que cobra o menor preço no horário que o assinante recebe a chamada em roaming. Seria possível a uma celular das novas bandas contratar um pacote de uma operadora de longa distância para que o preço fosse sempre mais barato em qualquer hipótese? A Anatel aceitaria esta possibilidade?

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top