OUTROS DESTAQUES
Operadora busca capacidade de empresas-espelho
segunda-feira, 11 de dezembro de 2000 , 19h39 | POR REDAÇÃO

Ainda segundo Purificación, as operadoras locais só voltaram a oferecer os digitroncos para a Embratel após esta ter começado a contratar capacidade das empresas-espelho Vésper e GVT, que, pelo Plano Geral de Outorgas (PGO), também podem fornecer numeração local. São os digitroncos que permitem o acesso a vários terminais a partir de um único número telefônico. Ou seja, são eles que permitem a um provedor de acesso discado fornecer a seus clientes um único número para conexão em determinada localidade. Embora a Embratel tenha expandido recentemente seu serviço de conexão discada à Internet com a compra da AcessoNet (que pertencia ao UOL), o PGO determina que apenas as teles locais podem fornecer os digitroncos e a numeração para o serviço.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top