OUTROS DESTAQUES
A vantagem de ser a última
terça-feira, 24 de outubro de 2000 , 20h00 | POR REDAÇÃO

Segundo o presidente da GVT, ser a última a entrar em operação também tem vantagens, pois a empresa aprendeu com os erros das antecessoras, especialmente em instalação, serviços, processo operacional, entre outros, não só no Brasil como também nos EUA. Genish admite que a competição é difícil e que muitas CLECs norte-americanas falharam.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top