OUTROS DESTAQUES
Interconnetion
Intelig wants equality of treatment with LECs
quinta-feira, 20 de junho de 2002 , 21h02 | POR REDAÇÃO

Intelig?s executives are aware they won?t be able to begin negotiating interconnect rates until Anatel awards a local license. However, they promise to lodge an unfair-trading complaint with Anatel if the LECs turn out to have agreed long-distance rates among themselves before receiving the appropriate licenses. Embratel takes the same line, according to its vice president for local services, Purificación Carpinteyro. A major difference in the timing of negotiations on interconnect rates and new service launches will be taken as a sign of unfair practice, says Alain Rivière, Intelig?s director for regulatory affairs. In other words, if the LECs launch long-distance services long before Embratel and Intelig offer local services, this could be construed as evidence that the LECs negotiated agreements without waiting for the respective licenses to be issued.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top