OUTROS DESTAQUES
TELEFONIA FIXA
Telefonia fixa segue a tendência de declínio
terça-feira, 20 de Março de 2018 , 20h12 | POR REDAÇÃO

O Serviço de Telefonia Fixa voltou a ter um novo recuo no mês de fevereiro. Segundo dados da Anatel, todas as operadoras juntas registraram 40.550.669 linhas em serviço. Na comparação com o mês anterior, a redução foi de 144.900 linhas, praticamente sem variação percentual. Da mesma forma, nos últimos 12 meses, a telefonia fixa como um todo apresentou redução de 1.146.444 (ou 0,03%) acessos.

De acordo com a Anatel, em comparação com janeiro de 2018, o total de 17.112.795 linhas fixas registradas pelas autorizadas do serviço em fevereiro representaram uma queda de 36.534 linhas (redução de 0,21%), e as concessionárias, com 23.437.874 linhas, tiveram redução de 108.366 linhas (ou 0,46%). Nos últimos 12 meses, as empresas autorizadas apresentaram menos 67.500 linhas (recuo de 0,39%). Ao mesmo tempo as concessionárias perderam 1.078.944 linhas (menos 4,40%).

Nas autorizadas da telefonia fixa, em números absolutos, a Vivo apresentou o maior aumento com mais 15.603 linhas fixas (0,33%) em fevereiro de 2018 com relação à janeiro. A maior redução ocorreu na Claro, menos 19.484 linhas (redução de 0,18%). Nos últimos 12 meses, a Algar Telecom liderou o crescimento, com mais 85.183 linhas fixas (aumento de 33,17%), e a maior redução ocorreu na Claro, menos 200.156 linhas fixas (redução de 1,82%).

Entre as concessionarias a Oi apresentou a maior redução no mês de fevereiro de 2018 comparado à janeiro, com menos 93.942 linhas fixas (diminuição de 0,71%). Na comparação com fevereiro de 2017, a Algar Telecom registrou o maior crescimento, mais 20.133 linhas (2,73%). Novamente, a maior redução ocorreu na Oi, menos 901.677 linhas (declínio de 6,41%).

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O Painel TELEBRASIL, mais tradicional encontro de posicionamento do setor de telecomunicações, discutirá em 2018 os rumos da indústria depois do ciclo de sucesso completado com os 20 anos da privatização do sistema estatal de telecomunicações. A realidade da Internet das Coisas, a chegada da tecnologia de 5G, a necessidade um ambiente mais flexível e dinâmico para os investimentos essenciais a esta nossa etapa e um modelo preparado para o futuro são alguns dos desafios em debate, com presença dos presidentes das principais empresas prestadoras de serviços e provedoras de tecnologias, além de autoridades, reguladores e especialistas.
Em sua edição de número 62, o Painel TELEBRASIL 2018 ganha um dia a mais de debates, com mais espaço e oportunidades para a troca de informações, relacionamento e atualização, tanto para profissionais da indústria quanto para reguladores e formuladores de políticas, que têm acesso gratuito ao evento (mediante inscrição prévia). É o espaço em que as principais lideranças da indústria marcam posição em relação a estratégias, tecnologias e políticas públicas neste novo ciclo.

22 de Maio a 24 de Maio
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
EVENTOS

Evento oficial da Associação Brasileira de Empresas de Telecomunicações, o Painel TELEBRASIL, mais tradicional encontro de posicionamento do setor. É o espaço em que as principais lideranças da indústria marcam posição em relação a estratégias, tecnologias e políticas públicas.

22 de Maio a 24 de Maio
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top