OUTROS DESTAQUES
Reestruturação acionária da Telemar III
quarta-feira, 23 de junho de 1999 , 22h45 | POR REDAÇÃO

Além desses problemas, a BNDESPar teme que Carlos Jereissatti, do grupo La Fonte, possa mover ações judiciais contra a instituição financeira caso a negociação se confirme. Observador muito bem situado acredita que a bronca de Jereissatti com a BNDESPar é a seguinte: se a instituição oficial vender suas ações para um grupo afinado com a Andrade Gutierrez (outro dos sócios na Telemar), ele ficará minoritário e sem qualquer poder na companhia. E suas ações não ficariam com um valor superior ao do mercado, que eqüivale a 20% do que foi pago no leilão. Na verdade, o que o empresário cearense gostaria – segundo estima essa mesma fonte – é que, antes de mais nada, as suas ações fossem compradas pelo grupo de controle.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top