OUTROS DESTAQUES
Uma questão de interpretação
terça-feira, 25 de Maio de 1999 , 20h25 | POR REDAÇÃO

Pimenta disse aos jornalistas que não tinha convocado a entrevista para interpretar texto (referindo-se ao que foi publicado pela Folha). Não aceitou, portanto, o que ele chamou de interpretação do jornal sobre as conversas telefônicas gravadas. Pimenta não admite que o presidente tenha participado do assunto da forma como o jornal publicou.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top