OUTROS DESTAQUES
Pimenta da Veiga não é claro sobre repasses
quarta-feira, 12 de Maio de 1999 , 23h00 | POR REDAÇÃO

Sobre os valores que serão recolhidos pelos fundos, ou seja, os repasses das empresas, Pimenta da Veiga não foi claro. Segundo ele, os valores não deverão onerar as empresas de modo exagerado, prejudicando a competitividade do setor empresarial brasileiro. O ministro resumiu sua preocupação com uma fórmula bem tucana: que os repasses "sejam tão grandes quanto possam ser para cumprir o necessário, mas o menor possível para não representar um ônus insuportável ao serviço de telefonia."

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top