OUTROS DESTAQUES
Impedindo o monopólio estrangeiro
quarta-feira, 02 de setembro de 1998 , 22h55 | POR REDAÇÃO

Algumas empresas brasileiras interessadas nas autorizações para telefonia querem saber como a Anatel vai fazer para impedir que as teles estrangeiras vencedoras do leilão da Telebrás se tornem, indiretamente, donas também das espelhos. Um exemplo: a Portugal Telecom não tem, oficialmente, participação relevante na Telesp Fixa, o que lhe garante o direito de disputar a espelho. Mas se isso acontecer, na prática haverá um único grupo controlando as duas operações do Estado.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top