OUTROS DESTAQUES
Globalstar não decidiu se antecipa vendas
quarta-feira, 02 de setembro de 1998 , 22h55 | POR REDAÇÃO

A Globalstar, que lançará seu sistema de telefone celular via satélite no Brasil no segundo trimestre do próximo ano, ainda não decidiu se antecipará as vendas, como fez a concorrente Iridium, antes de ter o serviço disponível. O diretor de marketing e vendas da empresa, Ricardo de Albuquerque Mayer, considera estranho vender um serviço que ainda não foi ativado. Mayer também afirma que não está preocupado pelo fato de a rival lançar o serviço no final deste mês, portanto muito à frente da Globalstar. Seu argumento é que em poucos meses poderá oferecer ao mercado uma geração mais nova de telefones, cujo preço (entre R$ 1,5 mil e 2 mil) "será a metade" do que é cobrado pelos terminais da Iridium e a tarifa do serviço será 30% inferior. O executivo acredita que quem não estiver precisando do serviço com urgência vai esperar pelo lançamento da Globalstar. Os aparelhos serão produzidos pela Qualcomm, sócia da empresa, para toda a América do Sul; pela Ericsson, para a Europa e Brasil; e pela italiana Telital, para a Europa.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top