OUTROS DESTAQUES
Preocupados com a fiscalização
terça-feira, 28 de julho de 1998 , 20h35 | POR REDAÇÃO

A Anatel não quer deixar nem sombra de dúvida sobre sua capacidade de fiscalizar o cumprimento dos Contratos de Concessão das teles. Renato Guerreiro lembrou que até dezembro de 99 não está prevista a aplicação de multas às empresas, mas apenas de advertências. O presidente da agência explicou que estas advertências vão sendo acumuladas, aumentando o valor de eventuais multas no futuro. Mas há uma cláusula que pode permitir a aplicação de multa imediata, segundo Guerreiro, se houver uma queda da qualidade no serviço devido à diminuição de pessoal envolvido na operação.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top