OUTROS DESTAQUES
Rentabilidade da Telesp Celular deve crescer mais que a da fixa
quarta-feira, 17 de junho de 1998 , 21h55 | POR REDAÇÃO

A edição de junho do Caderno de Mercado de Capitais, editado pelo Banco Fator, faz as primeiras projeções de lucros e P/L das empresas telefônicas brasileiras depois de seu desmembramento em telefonia fixa e celular. Prevê, por exemplo, que a Telesp terá lucros de R$ 1,231 bilhão este ano e de R$ 1,351 bilhão em 1999, com P/L, respectivamente, de 11,2 e 10,2. Já a Telesp Celular lucrará R$ 464,15 milhões em 1998 e R$ 523,24 milhões no ano que vem, com P/L, também respectivamente, de 13,9 e 12,4. Ou seja: prevê um crescimento mais acelerado da rentabilidade da telefonia celular (12,7%) do que da fixa (9,8%).

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top