OUTROS DESTAQUES
Estratégia da MCI II
terça-feira, 09 de junho de 1998 , 21h35 | POR REDAÇÃO

Segundo apurou TELETIME News, a MCI prefere ficar com a empresa espelho da Embratel por três motivos básicos: 1) dispêndio menor de capital para a concessão; 2) inexistência de exigências de universalização de serviços, que seria muito onerosa; 3) maior flexibilidade para montar o negócio em nichos específicos e mais lucrativos de mercado. "A MCI gostaria que a sua concorrente ficasse com a Embratel e que pagasse por ela o maior preço possível", diz a mesma fonte. "Quer demonstrar interesse justamente para não deixar o mando do preço nas mãos da Sprint".

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top