OUTROS DESTAQUES
Infraestrutura
Vivo lança rede FTTH em Teresina
terça-feira, 19 de dezembro de 2017 , 18h41

A Vivo anunciou nesta terça-feira, 19, expansão de sua rede de fibra com o lançamento da infraestrutura ótica em Teresina. A capital piauiense recebeu investimentos de R$ 35,2 milhões da operadora, que agora passa a oferecer o serviço com a tecnologia de fibra até a residência (FTTH), o que permite oferecer banda larga de até 300 Mbps e IPTV, além da telefonia fixa tradicional. A cobertura atenderá a 26 bairros, com aproximadamente 66 mil domicílios e 21 mil empresas mapeadas.

A rede FTTH da Vivo chegará aos seguintes bairros em Teresina: Aracape, Aeroporto, Cabral, Centro, Fátima, Frei Serafim, Horto, Ilhotas, Ininga, Jóquei, Mafuá, Marquês de Paranaguá, Matinha, Morada do Sol, Morro da Esperança, Noivos, Piçarra, Piçarreira, Piraji, Planalto, Porenquanto, Santa Lia, São Cristóvão, São João, Vila Operária e Zoobotânico. Além da capital, a companhia levou a infraestrutura de fibra para as cidades de Volta Redonda e Barra Mansa (RJ); Garanhuns e Petrolina (PE); Vitória da Conquista e Itabuna (BA); Guarapari (ES); Pouso Alegre (MG); Cosmópolis; e Hortolândia, Campo Limpo Paulista, Lençóis Paulista, Botucatu e Avaré (SP).

Como oferta de lançamento, a Vivo oferece por 12 meses o dobro da velocidade contratada pelo mesmo preço. Além disso, clientes da rede fixa que também tiverem celular da operadora receberão bônus adicional de franquia móvel de até 10 GB mensais nos planos controle e pós-pago, além de desconto de 20% nos planos por um ano (esta última condição é exclusiva para Teresina). A companhia também realiza ofertas para serviços corporativos com condições especiais na portabilidade ou dobro de velocidade por seis meses na contratação a partir de 50 Mbps, além de vantagens no serviço Vivo Cloud Backup.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
, ,
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
 
Top