OUTROS DESTAQUES
Arbitragens na América Latina dividem-se entre Brasil e México
terça-feira, 18 de dezembro de 2001 , 20h40 | POR REDAÇÃO

Com a crise da Argentina, as arbitragens para investimentos na América Latina dividem-se agora entre México e Brasil. Na lista de 14 papéis dos Top Stock Picks 2002 do BBVA Securities, o setor de telecomunicações só comparece com três citações: uma do México, com a sua poderosa Telmex; e o Brasil, com a Tele Nordeste Celular e a Tele Centro Oeste Celular. A Telmex, segundo o BBVA, teve em 2001 uma das melhores performances mundiais de telecom em bolsa. A relação entre valor de mercado (mais endividamento líquido) e EBITDA é de 4,7 vezes, contra uma média de quase 6 dos países mais ricos. É certo que o upside da Telmex (29%) não é muito maior do que o da Tele Nordeste Celular (22%); mas o risco para o Brasil é maior.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top