OUTROS DESTAQUES
Universalização
Ministro aguarda fim de pendências para licitar projetos do Fust
terça-feira, 18 de junho de 2002 , 19h46 | POR REDAÇÃO

O ministro das comunicações, Juarez Quadros, continua muito preocupado com a aplicação dos recursos do Fust. Ele lamentou mais uma vez não ter conseguido aplicar ainda um centavo do dinheiro do fundo. Além dos problemas com o orçamento deste ano (dos R$ 800 milhões previstos para aplicação, apenas R$ 60 milhões estão liberados) há os R$1,044 bilhão do orçamento do ano passado, que ainda não foi transferido para o orçamento deste ano. Quadros aguarda a decisão final do TCU, que embargou o edital do programa de educação e que deve recomendar sua anulação do edital, para a Anatel elaborar uma nova licitação. Também aguarda a votação do projeto que altera a lei do Fust, em tramitação na câmara dos deputados, cujo relator é Salvador Zimbaldi (PSDB/SP). O ministro disse que o parlamentar deverá apresentar um substitutivo que esclarece a possibilidade da compra de equipamentos de informática com recursos do fundo para evitar as contestações que já ocorreram. "Tudo terá que ser feito ao mesmo tempo. Não posso licitar se não houver recursos previstos no orçamento", lembrou Quadros.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME. Mais informações pelo email eventos@teletime.com.br

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME.

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
Top