OUTROS DESTAQUES
LTE
Vivo e Ericsson testam Massive MIMO com rede em 3,5 GHz em São Paulo
sexta-feira, 17 de agosto de 2018 , 11h12

Em parceria com a fornecedora Ericsson, a Vivo testa a aplicação da tecnologia de múltiplas antenas Massive MIMO em sua rede LTE-Advanced (chamada comercialmente pela operadora de 4G+ ou 4,5G) em São Paulo. As empresas anunciaram nesta sexta-feira, 17, que se trata de uma etapa em direção da aplicação da função em futuras redes 5G.

As empresas empregaram a tecnologia com a faixa de 3,5 GHz, atualmente sendo considerada para aplicação na futura rede 5G no Brasil. Vale lembrar que a Anatel está estudando a possibilidade de interferências no sistema TVRO (captação em antena parabólica), que utiliza a mesma frequência para uplink em banda C satelital. A intenção da agência é, assim que conseguir resolver a questão técnica da interferência, colocar a faixa para leilão em 2019.

O teste em São Paulo utilizou a configuração MIMO até 64×64, que foi aplicada na cobertura móvel da operadora russa MTS e pela Ericsson durante a Copa do Mundo da Rússia. Nos testes realizados em sete cidades-sede do torneio, a velocidade média de download e a eficiência espectral dobraram, enquanto a capacidade de rede aumentou mais de quatro vezes. Atualmente, segundo a Vivo, a configuração disponível nas redes LTE-Advanced no Brasil é de MIMO 4×4.

No teste, uma antena ativa Ericsson AIR 6468 foi usada com recursos 64T64R Massive MIMO em um "bairro de alta densidade populacional" na capital paulista. O sinal foi apontado a um edifício comercial para avaliar o desempenho da cobertura vertical em ambiente indoor. Depois, a cobertura horizontal foi testada por vários usuários simultaneamente. A avaliação foi de que houve ganho de desempenho devido à individualização dos feixes emitidos (beamforming) pela antena.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top