OUTROS DESTAQUES
INTX 2016
Mais de um terço dos lares americanos tem dispositivos conectados para consumo de TV
terça-feira, 17 de maio de 2016 , 20h47 | POR SAMUEL POSSEBON, DE BOSTON

As transformações por que vem passando o mercado de TV nos EUA têm uma razão de fundo, pouco comentada: a crescente integração entre a TV e as redes de banda larga. Mais do que novos serviços como Netflix ou Hulu, o que está possibilitando essa integração é o crescente número de dispositivos conectados de streaming de vídeo. Nos EUA, mais de um terço das residências (36%, para ser preciso) já têm algum tipo de dispositivo deste tipo. Os dados são de uma pesquisa da Parks Associates divulgada durante a INTX 2016, principal evento de TV paga dos EUA, que acontece esta semana em Boston.

Segundo os dados da Parks, esse número era de 27% no ano passado, o que mostra um ritmo acelerado de crescimento. São dados que consideram apenas dispositivos anexos (como Apple TV, Chromecast, Roku Box etc), e não TVs conectadas. Esse mercado deve ganhar mais 90 milhões de caixas conectadas até 2019, na estimativa da Parks, e essa transformação está mexendo com as perspectivas da indústria de TV.

A discussão que desafia os operadores nesse momento é se, por uma imposição regulatória, os operadores de TV paga deveriam permitir que seus conteúdos fossem livremente incorporados a essas caixas conectadas ou set-tops de terceiros ligados à própria rede de TV, dando liberdade de escolha aos consumidores de terem seus conteúdos nas plataformas que preferirem. Isso coloca em xeque o modelo de set-top boxes com tecnologias de acesso condicional proprietárias, que há décadas é parte do modelo de TV paga norte-americano. Parece haver uma percepção de que a era dos set-tops está chegando ao fim, mas o ajuste da indústria em função desse novo modelo ainda está longe de acontecer.

Alguns movimentos importantes estão acontecendo, como o da TiVo, tradicional fabricante de set-tops inteligentes, que foi adquirida pela empresa de streaming Rovi no começo deste ano; ou o da Samsung, que passou a licenciar a sua plataforma de TV RDK (desenvolvida pelos três maiores operadores de cabo do mundo: Comcast, TWC e Liberty Global) para fabricantes de set-tops e agora, possivelmente, será embarcada diretamente nas TVs da fabricante coreana.

Pesquisa

Segundo a Parks, a maior base de caixas conectadas nos EUA é da Roku, cujas vendas representam 30% do total. A Amazon assumiu o segundo lugar em base de caixas/dispositivos conectados e responde por 22% das vendas, empatada com o Google Chromecast, que tem uma base similar. A Apple TV está em quarto lugar com 20% das vendas e esses quatro fabricantes controlam 94% do mercado de caixas e dispositivos conectados nos EUA. De novo, sem contar as TVs conectadas.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME. Mais informações pelo email eventos@teletime.com.br

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME.

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
Top