OUTROS DESTAQUES
Regulamentação
Portugal Telecom pede fim do CSP no celular
segunda-feira, 17 de março de 2008 , 17h23 | POR FERNANDO PAIVA

Aproveitando a discussão em torno de possível alteração no PGO, o presidente da Portugal Telecom no Brasil, Shakhaf Wine, fez uma série de sugestões de modificações na regulamentação da telefonia celular, durante discurso em almoço promovido pela Associação Brasileira de Telecomunicações (Telecom), nesta segunda-feira, 17, no Rio de Janeiro. Entre as principais sugestões está o fim da escolha de prestadora nas ligações de longa distância via telefone celular, regra que classificou como uma ?anomalia?, já que na maioria dos países não funciona assim. ?É um absurdo o usuário ser obrigado a escolher uma operadora de longa distância a cada ligação de celular?, afirmou Wine, lembrando que ao passar a chamada por outras redes, aumenta a complexidade e o custo da ligação.
Outro ponto levantado pelo presidente da Portugal Telecom no Brasil é a facilitação do provimento e da transmissão de conteúdo pelas redes celulares. ?Não queremos produzir conteúdo ou comprar empresa de conteúdo. Queremos que a Vivo possa veicular conteúdo. Queremos a liberdade de atender ao cliente. Hoje há limitações para isso?, comentou Wine.
O executivo também criticou as metas de cobertura do edital de 3G. ?O mercado é quem deveria estabelecer que tecnologia deveria ser usada nas metas de cobertura, se 2G ou 3G?, disse. Por fim, pediu também que a regulamentação facilite o compartilhamento das redes.
Wine afirmou que se houver oportunidade, na forma de consultas públicas, a Portugal Telecom irá formalizar todas essas sugestões. ?Passados dez anos da privatização, é natural e saudável que se repensem as regras. Mas é preciso que haja equilíbrio e ponderação?, comentou.

Vivo

O executivo voltou a afirmar que a Portugal Telecom tem todo interesse em continuar no controle da Vivo: ?Em momento algum a Portugal Telecom abdicou da Vivo, mesmo quando a operadora passava por dificuldades operacionais. Era o caminho mais difícil, mas era o caminho certo. Agora, os resultados da Vivo melhoraram substancialmente e estamos colhendo os frutos da nossa aposta?.
O almoço promovido pela Telecom fez parte da comemoração dos 200 anos da chegada da família real portuguesa ao Rio de Janeiro, em 1808.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME. Mais informações pelo email eventos@teletime.com.br

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME.

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
Top