OUTROS DESTAQUES
Nova Oi
Oi adia assembleia para discutir alterações na eleição do novo conselho
quinta-feira, 16 de agosto de 2018 , 15h45

A Oi adiou sua assembleia geral extraordinária marcada originalmente para o dia 3 de setembro. Segundo comunicado publicado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nesta quinta-feira, 16, a nova é o dia 17 de setembro, às 11h, na sede da companhia no Rio de Janeiro. O adiamento ocorre para dar a acionistas "tempo suficiente para tomarem uma decisão informada sobre as matérias colocadas à sua deliberação" após ajustes na ordem dos itens da pauta da AGE. Entre os ajustes, está a inclusão de subitem no Estatuto Social da companhia para esclarecer que acionistas poderão eleger o presidente do conselho de administração, dentre candidatos integrantes da chapa consensual indicada para a composição do novo conselho.

O novo conselho de administração da companhia será formado por 11 membros titulares, sem suplentes, constantes da chapa consensual, com mandato de dois anos. A eleição será ratificada em sede da assembleia geral de acionistas convocada para tratar do assunto e do estatuto social.

A AGE também deverá aprovar a alteração do estatuto social para acomodar a homologação parcial do aumento de capital da empresa; para a alteração do limite de capital autorizado; para inclusão de novo artigo no capítulo de disposições finais e transitórias (adequando disposições do plano de recuperação judicial em relação à composição do novo conselho); e, por fim, aprovar a reforma do estatuto social.

Conforme explica a Oi, por causa do adiamento, será necessário que acionistas enviem novamente suas instruções de voto para a assembleia. As instruções já enviadas serão desconsideradas. A proposta do conselho de administração da companhia pode ser encontrada na CVM ou no site de relações com investidores da empresa.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top