OUTROS DESTAQUES
Infraestrutura
Programa Amazônia Conectada é lançado oficialmente em Manaus
quinta-feira, 16 de julho de 2015 , 18h03 | POR REDAÇÃO

O ministro das Comunicações, Ricardo Berzoini, participou, nesta quinta-feira, 16, em Manaus (AM), do lançamento oficial do Programa Amazônia Conectada, que visa utilizar os leitos dos rios da Bacia Amazônica para a instalação de redes de fibra ótica. O primeiro trecho do projeto, inaugurado hoje, é formado por 10 km de fibras, que completam o anel ótico de Manaus.

Durante a solenidade, o governo anunciou a implantação do segundo trecho de 200 km, de Coari a Tefé, com investimentos de R$ 15 milhões. O projeto inteiro foi orçado inicialmente em R$ 1 bilhão, mas deve ser reduzido na ordem de R$ 500 milhões, com previsão de conclusão em três anos.

Coordenado pelo Ministério da Defesa, o programa pretende implantar 7,8 mil km de cabos subfluviais e tem como um dos principais objetivos garantir que a população do interior do Estado do Amazonas tenha acesso a um serviço de telecom de qualidade. O projeto vai conectar 52 municípios do Estado do Amazonas.

Ainda durante a solenidade, foi assinada uma portaria conjunta entre os Ministérios da Defesa, Comunicações e Ciência e Tecnologia que determina a criação da política de gestão do Amazônia Conectada. A partir daí, será criado um grupo de trabalho conjunto para definir qual será a atribuição de cada ministério.

Ao todo, serão implantadas cinco infovias: do Rio Negro, do Solimões, do Madeira, do Purus e do Juruá. Internet banda larga, telemedicina, segurança pública e universidade a distância serão alguns dos benefícios do programa para as populações situadas em pontos remotos da Amazônia. Além disso, o projeto promoverá melhorias nas comunicações militares na fronteira, com ganhos para a defesa nacional.

Outra vantagem do programa, segundo o Ministério das Comunicações, será a de facilitar o controle do desmatamento da Amazônia. A infraestrutura a ser implantada tornará possível o monitoramento de áreas de proteção ambiental por câmaras de vídeo com transmissão de imagens que requerem alto consumo de banda.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME. Mais informações pelo email eventos@teletime.com.br

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME.

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
Top