OUTROS DESTAQUES
Balanço financeiro
Desvalorização do real impacta receita da Telecom Italia
quarta-feira, 16 de maio de 2018 , 19h05

A Telecom Italia observou redução na receita e impacto da desvalorização da moeda brasileira frente ao euro no primeiro trimestre, de acordo com balanço financeiro divulgado pela companhia nesta quarta-feira, 16. A receita total consolidada do grupo italiano caiu 1,6% comparado ao primeiro trimestre do ano passado, totalizando 4,742 bilhões de euros.

Considerando somente a TIM Brasil, houve uma redução de 12,2%, somando 1,037 bilhão de euros. A justificativa é "inteiramente relacionada" ao efeito negativo do câmbio do euro frente ao real – não fosse isso, o crescimento orgânico da operação brasileira seria de 4,8% com câmbio constante.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBTIDA) foi de 1,817 bilhão de euros, uma redução de 4,9%. A margem caiu 1,4 ponto percentual e ficou em 41,3%. O EBTIDA no Brasil totalizou 365 milhões de euros, uma diminuição de 1,9%. A margem EBITDA da TIM Brasil foi de 35,2%, 3,6 p.p. acima. Já o lucro líquido da Telecom Italia foi de 216 milhões de euros, um aumento de 8% comparado ao primeiro trimestre de 2017.

O grupo italiano investiu 660 milhões de euros no período, uma redução de 20,58%. Do total, o Brasil recebeu um Capex de 153 milhões de euros, queda de 23,50%. Os investimentos foram direcionados principalmente para fortalecer a rede de banda larga móvel e desenvolver o negócio fixo da TIM Live.

A dívida líquida ajustada da companhia era de 25,537 bilhões de euros em 31 de março, 0,90% acima do registrado no final do primeiro trimestre do ano passado. 

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME. Mais informações pelo email eventos@teletime.com.br

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME.

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
Top