OUTROS DESTAQUES
Banda Larga Móvel
Velocidade do 4G em 700 MHz é 60% menor que em 2600 MHz no Rio de Janeiro
terça-feira, 16 de abril de 2019 , 15h59

[Publicada originalmente no Mobile Time] A utilização da faixa de 700 MHz para serviços móveis de quarta geração (4G) em meados do ano passado no Rio de Janeiro fez aumentar a disponibilidade de sinal com essa tecnologia na cidade, comprovam medições realizadas pela OpenSignal. Por outro lado, a velocidade média de download na faixa de 700 MHz é cerca de 60% menor que aquela medida na faixa de 2600 MHz. Na primeira, os cariocas atingem uma velocidade média de 13,2 Mbps no download, ante 33,9 Mbps na segunda.

Penetração indoor

Entre o primeiro trimestre de 2018 e o primeiro trimestre de 2019, a disponibilidade 4G no Rio de Janeiro subiu de 69,9% para 77,7%, informa relatório da empresa. Antes da entrada em operação da faixa de 700 MHz, a disponibilidade do 4G vinha aumentando a uma taxa de aproximadamente 1 ponto percentual por trimestre. Depois da adoção do referido espectro, o crescimento passou a ser o dobro, diz a OpenSignal.

A faixa de 700 MHz, por ser uma frequência mais baixa que as outras utilizadas no 4G, permite uma melhor penetração do sinal em ambientes fechados. Essa característica é o que levou ao aumento da disponibilidade, já que em termos de cobertura outdoor não houve um crescimento perceptível, explica a OpenSignal, conforme mostram os dois mapas do Rio de Janeiro abaixo. O primeiro, em azul, mostra a cobertura em 700 MHz. O segundo, em vermelho, a cobertura nas faixas de 2100 MHz e 2600 MHz. São quase iguais – a segunda até maior que a primeira – o que embasa a conclusão da OpenSignal de que a melhora em disponibilidade provém do acesso indoor.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top