OUTROS DESTAQUES
Mercado
Oi ainda não tem estratégia definida, mas confirma vigência do acordo com BTG
quarta-feira, 16 de março de 2016 , 15h01

Apesar da contratação da PJT Partners neste mês como formadora de mercado, para avaliar alternativas financeiras e estratégicas para otimizar a liquidez e perfil de endividamento, a Oi ainda não definiu nenhuma estratégia ainda para lidar com os problemas financeiros pelos quais passa atualmente. Em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nesta quarta, 16, a empresa afirmou que as duas "vêm naturalmente estudando todas as oportunidades e propostas de alternativas que possam atingir os objetivos propostos, o que poderia envolver ou não a emissão de novas ações".

A empresa se refere à nota publicada pelo jornal O Globo na terça-feira, 15, que afirmava que a operadora estaria negociando a troca de dívidas por ações. "Todavia, a Oi esclarece que não há qualquer definição ou decisão sobre uma alternativa a ser implementada e, portanto, essa informação também não é verdadeira", justificou-se.

A Oi destaca ainda que o contrato firmado com o BTG Pactual em março do ano passado ainda permanece válido e em vigor por 18 meses. Ou seja, até setembro, o banco ainda estaria buscando alternativas para incluir a companhia em algum processo de consolidação no mercado brasileiro.

Em outubro de 2015, a Oi recebeu proposta do fundo russo LetterOne para capitalização de US$ 4 bilhões condicionada a uma consolidação no País, notadamente com a TIM. No entanto, a operadora controlada pela Telecom Italia negou em fevereiro deste ano haver interesse em aprofundar as negociações a respeito da possibilidade de fusão. Com essa negativa, o próprio fundo russo recuou a proposta, o que fez com que as ações da companhia brasileira caíssem na BM&FBovespa, especialmente depois de consequentes rebaixamentos de nota de crédito das agências de ratings Standard & Poor's, Fitch e Moody's.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top