OUTROS DESTAQUES
Dados
IoT vai impulsionar tráfego na nuvem, diz Cisco
sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018 , 18h35

Além do crescimento normal do uso em aplicações empresariais e para consumidores finais (como streaming de vídeo, buscas e redes sociais), a Internet das Coisas vai impulsionar o tráfego em data centers – ou seja, na nuvem – nos próximos anos. É o que prevê estudo da Cisco divulgado nesta sexta-feira, 16, o Global Cloud Index, referente ao período de cinco antes entre 2016 e 2021.

No total, o tráfego dos data centeres deverá alcançar 19,5 ZB por ano até 2021, aumento de 3,3 vezes ou taxa de crescimento composto (CAGR) de 27%. Globalmente, a nuvem representará 95% do total do tráfego de data centers até 2021, comparado a 88% em 2016.

O relatório diz que, até 2021, espera-se que as conexões IoT cheguem a 13,7 bilhões, contra 5,8 bilhões em 2016. Por causa dessa tecnologia, estima que a quantidade total de dados criados (e não necessariamente armazenados) por qualquer dispositivo atinja 847 Zettabytes por ano até 2021, contra 218 ZB por ano em 2016.

A companhia afirma ainda que o streaming de vídeo crescerá um ponto percentual em cinco anos, saindo de 9% em 2016 para 10% em 2021. Os vídeos representarão 85% do tráfego de data centers para usuários finais, em comparação com 78% em 2016. Já as buscas serão 20% do tráfego (contra 28% em 2016), e as redes sociais, 22% (contra 20% há dois anos). O big data representará 20% do tráfego (2,5 ZB/ano) em data centers, contra 12% em 2016.

COMENTÁRIOS

4 Comentários

  1. Gostaria d receber novas informações

  2. Gostaria d receber novas informações importantes p o meu trabalho

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME. Mais informações pelo email eventos@teletime.com.br

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME.

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
Top