OUTROS DESTAQUES
Mercado corporativo é o passo seguinte à Internet
quarta-feira, 16 de fevereiro de 2000 , 22h53 | POR REDAÇÃO

O roteiro é mais ou menos o mesmo. A empresa de TV paga entra no mercado doméstico de transmissão de dados (que no Brasil ainda está restrito basicamente à Internet) e depois planeja a entrada no mercado corporativo. A TV Filme, depois de lançar o serviço doméstico de acesso à Internet Link Express, separou a empresa e pretende colocá-la para explorar o mercado corporativo de redes de telecomunicações. E a novidade é que este serviço não ficará restrito à tecnologia MMDS. A Link Express já estuda outras alternativas, e não esconde grande interesse pelo LMCS. O projeto já está em estágio avançado de formatação.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top