OUTROS DESTAQUES
VEREJO
Vendas de equipamentos de informática e comunicação caem 2,6% em junho
terça-feira, 15 de agosto de 2017 , 11h44

As vendas de equipamentos e material para escritório, informática e comunicação caíram 2,6% em junho, na comparação com o mês anterior. Porém, ante o mesmo mês do ano passado, foi registrado um aumento de 5,1%, conforme aponta pesquisa mensal de varejo do IBGE divulgada nesta terça-feira, 15.

Segundo o instituto, esse segmento registrou o terceiro resultado positivo seguido na comparação anual. Dentre os fatores que vêm determinando este desempenho, destaca-se a influência da depreciação do dólar frente ao real, com reflexo nos preços de alguns componentes eletrônicos importados, em especial para microcomputadores e aparelhos eletrônicos, além da redução da variação de preços dos microcomputadores, principal produto que compõem esse setor. Em termos acumulados, a taxa no semestre foi de queda de 2,4% e, nos últimos doze meses, de 5,5%.

A receita nominal com equipamentos e material para escritório, informática e comunicação recuou 2% em junho. Frente ao mesmo mês de 2016, a queda é de 5,9%. No semestre, a variação negativa é de 7,8% e de 4,9% nos últimos 12 meses, mostra o IBGE.

Em junho de 2017, o comércio varejista nacional mostrou avanço de 1,2% no volume de vendas e de 0,8% na receita nominal, na comparação com os resultados do mês de maio (série livre de influências sazonais), variações que registram, respectivamente, sequência de três taxas positivas consecutivas nessa comparação. Com isso, o indicador de média móvel trimestral, relativamente estável nos últimos dois meses, tanto para o volume quanto para as vendas nominais, registra variações de 0,8% e de 1,2%, respectivamente.

 

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME. Mais informações pelo email eventos@teletime.com.br

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME.

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
Top