OUTROS DESTAQUES
Análise
Base de celulares cai pelo terceiro mês seguido
sexta-feira, 15 de julho de 2016 , 18h21

A base brasileira de serviço móvel pessoal (SMP) voltou a cair em maio, o terceiro mês consecutivo de queda, segundo dados da Anatel divulgados nesta sexta-feira, 15. No total, o País contava com 255,231 milhões de linhas móveis, 0,47% a menos do que em abril. No acumulado de 12 meses, já é um encolhimento de 10,18% no mercado. Desconsiderando o período de janeiro a fevereiro deste ano, quando houve um leve crescimento de 0,32%, o mercado brasileiro completaria exatos dois anos de queda contínua.

A operadora que mais perdeu acessos celulares no mês foi a TIM, com redução de 1,51% (pouco mais de um milhão de linhas a menos). A tele do grupo Telecom Italia é a segunda maior no Brasil, totalizando 65,371 milhões de linhas e participação de 25,61%. Com 25,30% de share e um total de 64,585 milhões, a Claro acaba diminuindo a distância, apesar de também ter encolhido (0,36%). No comparativo anual, a empresa do grupo mexicano América Móvil também diminuiu menos a base: 9,79%, contra 13,16% na TIM, que também apresenta a maior redução líquida na base brasileira, com 9,902 milhões de desconexões.

Por outro lado, a líder Telefônica perdeu 9,826 milhões de acessos em 12 meses, uma redução de 11,83%. Ainda lidera com folga, entretanto, com 73,256 milhões de linhas (28,70%), praticamente estável em relação a abril, com 14,3 mil desconexões de diferença. A quarta colocada, Oi, foi a que mais cresceu em adições líquidas: 52,1 mil linhas, totalizando 47,737 milhões. Somando os últimos 12 meses, acumula redução de 5,54% na base total.

SMP-evolução-total-Mai16

Mix

Como vem acontecendo desde fevereiro, a base de pré-pago encolheu em maio. A queda foi de 0,83%, ainda longe do suficiente para perder a liderança: 180,883 milhões de acessos, ou 70,87% do total.

Os dados mostram, no entanto, que são justamente as desconexões no pré-pago que têm feito a base brasileira encolher, uma vez que no comparativo com maio de 2015, a soma na modalidade diminuiu 15,31%, ou 32,709 milhões de linhas. É mais do que a redução da base total, já que o pós-pago cresceu 5,37% no mesmo período. Atualmente, essa base conta com 74,348 milhões de conexões, correspondente a 29,13% do mercado. Confira a evolução do mix em 12 meses no gráfico abaixo.

SMP-evolução-PrePos-Mai16

A Anatel chegou a divulgar acessos por tecnologia, mas um erro na base de 3G (WCDMA) e 2G (GSM) da Oi alterou o resultado total. A informação será corrigida somente na próxima semana.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top