OUTROS DESTAQUES
Governança da Internet
Após mal estar com governo, presidente da ICANN envia carta a Dilma e destaca papel do Brasil na Internet
terça-feira, 15 de março de 2016 , 20h53

Ao se despedir da presidência da Internet Corporation for Assigned Names and Numbers (ICANN), Fadi Chehadé causou indignação do governo brasileiro em reunião na semana passada em Marrakech, em Marrocos, ao afirmar que o País seria um dos que estaria tentando barrar o conceito multissetorial de governança na entidade e na transição da tutela das funções da Internet Assigned Numbers Authority (IANA). Após o mal estar, além de pedir desculpas durante o encontro ao embaixador brasileiro, Chehadé publicou no site da ICANN da transcrição da nota do governo brasileiro e da própria resposta em que se desculpa. Para reforçar a intenção de acabar com o embaraço, o ex-CEO enviou no sábado, 12, carta à presidenta Dilma Rousseff, na qual expressa "a mais sincera gratidão pela parceria" com ela e com o governo brasileiro.

Chehadé cita que, no encontro que teve com Dilma em Brasília em 2013, já destacara os benefícios em ter o Brasil na liderança global da governança de Internet baseada na própria experiência com o modelo multissetorial com o Comitê Gestor da Internet (CGI.br). E diz que a importância do papel do País no assunto "não pode ser subestimada". Ressalta que a realização do NETMundial em abril de 2014, em São Paulo, é um dos exemplos da posição brasileira nas discussões globais de governança. "O Brasil tem sido instrumental em avançar rumo a uma Internet global que promova a inclusão, liberdade e diversidade. Não tenho dúvida de que você continuará a fazer o mesmo no futuro", declarou ele à presidenta.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top