OUTROS DESTAQUES
Balanço financeiro
Algar encerra 2015 com crescimento em receitas e lucro
terça-feira, 15 de março de 2016 , 14h52

Na contramão das grandes operadoras, a Algar Telecom encerrou 2015 com crescimento em receita e lucro, além de avanço operacional em quase todas as frentes, menos em terminais de dados e TV paga, conforme o balanço financeiro da empresa divulgado na noite de segunda, 14. Nele, a empresa registrou aumento de 8,1% na receita líquida, gerando R$ 2,418 bilhões. Também mostrou avanço de 8,5% na receita bruta em relação a 2014, totalizando R$ 3,092 bilhões. Somente a área de telecom registrou R$ 2,229 bilhões, aumento de 8,8%, enquanto a divisão de soluções integradas de TIC e BPO mostrou crescimento de 7,8% e fechou o período em R$ 862,9 milhões.

O lucro líquido avançou 8,3% e ficou em R$ 153,6 milhões. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBTIDA) aumentou 18,2%, totalizando R$ 641,8 milhões, com aumento de 3 pontos percentuais (p.p.) na margem, que fechou o ano em 27%. Considerando somente o negócio de telecom, o EBTIDA aumentou 19,3% e ficou em R$ 537,2 milhões, com margem de 33%, 3 p.p. acima do registrado em 2014. A companhia atribui o avanço não apenas ao aumento da receita, mas também ao programa de transformação que busca maior eficiência operacional.

A Algar investiu 12,4% menos no ano passado, totalizando R$ 500,7 milhões, sendo 61% destinados à expansão de rede, substituindo o cobre pela fibra até as residências (FTTH). Outros 11% foram para a aquisição da Optitel (empresa de banda larga corporativa), enquanto 22% foram para a expansão das soluções de TIC e BPO – os 6% restantes foram para opex. A companhia espera em 2016 avançar na infraestrutura com o FTTH e melhoria na rede móvel; a expansão geográfica com a aquisição da Optitel; e o início da construção do cabo submarino que ligará Santos a Boca Raton (na Flórida, Estados Unidos) em parceria com Google, Angola Cables e a operadora estatal uruguaia Antel.

A dívida líquida aumentou 5%, ficando em R$ 1,174 bilhão. A relação da dívida com EBTIDA ficou em 1,8, contra 2,1 no ano anterior.

Operacional

A Algar Telecom encerrou 2015 com 3,345 milhões de acessos totais, um aumento anual de 8,3%. Somente a telefonia fixa foi responsável por 1,448 milhão de linhas, crescimento de 9,6% graças ao mercado corporativo. Na banda larga fixa, foram 530 mil acessos, aumento de 7,1%. A companhia registra crescimento de 9,8% na base com a tecnologia xDSL, sendo que os acessos acima de 10 Mbps representam 32% do total, ou 140 mil clientes. Por outro lado, a TV por assinatura caiu 12,5%, fechando o ano com 107 mil conexões.

Os acessos móveis foram 1,260 milhão no ano passado, evolução de 9,5%. Foram 951 mil acessos pré-pagos (aumento de 8,8%) e 309 mil pós-pagos (11,6% a mais). A receita média por usuário (ARPU) foi de R$ 22,03. A Algar ainda registrou 104 mil acessos de terminais de banda larga móvel, um recuo de 3% por conta da redução de número de clientes utilizando modems 3G "e pela preferência por planos de altas velocidades na banda larga fixa".

COMENTÁRIOS

2 Comentários

  1. Nilo Peçanha dos Santos disse:

    Apesar desse crescimento, eu como usuário da Algar, não observei nenhuma melhora na qualidade dos serviços prestados, principalmente na super instável banda larga fixa por fibra. Não recomendo.

  2. Nilo Peçanha dos Santos disse:

    Apesar desse crescimento, eu como usuário da Algar, não observei nenhuma melhora na qualidade dos serviços prestados, principalmente na super instável banda larga fixa por fibra. Não recomendo. Assino por falta de outra opção em minha região de domicilio.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top