OUTROS DESTAQUES
Lançamentos antecipam a demanda do consumidor
quarta-feira, 15 de março de 2000 , 21h33 | POR REDAÇÃO

No Brasil, os lançamentos das operadoras móveis acontecem mais pela competitividade que pela demanda do consumidor, ao contrário dos mercados europeu e americano. A lógica, para Batista, é criar a cultura do telefone celular como ferramenta pessoal de comunicação e serviços e não apenas de voz. As operadoras esperam que o usuário permaneça mais tempo conectado no celular e, conseqüentemente, seja mais rentável.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top