OUTROS DESTAQUES
Contratação de funcionários é o ponto de divergência
quarta-feira, 15 de março de 2000 , 21h33 | POR REDAÇÃO

Para o PT há uma série de cargos das agências que seriam carreiras típicas de Estado, devendo ser contratados pelo RJU (Regime Jurídico Único). Para o deputado Walter Pinheiro (PT/BA), as agências têm que realizar imediatamente os concursos para o preenchimento dos cargos. "Nossa assessoria jurídica entende que é possível realizar este tipo de concurso no ano eleitoral, até porque a eleição é municipal", disse Pinheiro. A proposta do partido é que os funcionários da Telebrás sejam demitidos e recebam os valores referentes à rescisão do contrato como todo trabalhador quando sua empresa é extinta.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top