OUTROS DESTAQUES
Mercado internacional
Sesame cria "YouTube"para crianças
sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008 , 12h05 | POR ANDRÉ MERMELSTEIN, DE NOVA YORK

Atenta ao aumento da presença on-line de seu público-alvo, a Sesame Workshop (detentora dos direitos da "Vila Sésamo") criou sua própria plataforma de vídeos na internet.
Segundo o VP e diretor executivo de mídias digitais da entidade, Miles Ludwig, foram usados os conceitos populares em sites como o YouTube, como o tagging e as buscas, mas em um formato apropriado para as crianças em idade pré-escolar, com botões grandes e navegação simplificada.
Uma ferramenta interessante para os pais é a busca por temas, e não apenas por títulos. Assim, pode-se encontrar no site vídeos relacionados, por exemplo, a amizade, meio-ambiente e outros temas.

Comunidade

Também preocupada com o ambiente que a internet oferece aos pequenos, a Sesame criou a comunidade on-line Panwapa, uma espécie de Orkut para crianças, com recursos visuais que permitem a elas criar seus personagens on-line e trocar mensagens com outros membros em todo o mundo.
Ludwig participou nesta quinta, 12, de painel no KidScreen, evento de produção infantil que termina nesta sexta, em Nova York.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top