OUTROS DESTAQUES
Sucessão da Anatel
terça-feira, 15 de fevereiro de 2000 , 18h55 | POR REDAÇÃO

Renato Guerreiro garantiu que não pretende continuar na presidência da agência. "Eu não quero", disse. A afirmação elimina algumas dúvidas sobre a sua sucessão. Ele defende a permanência de qualquer um dos quatro conselheiros atuais no cargo como forma de dar continuidade ao processo conduzido hoje pela agência.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top