OUTROS DESTAQUES
Na Tele Norte, Opportunity ganhou assento com ausência de minoritários
quarta-feira, 14 de novembro de 2001 , 21h23 | POR REDAÇÃO

A AGE da Tele Norte Celular Participações também foi conduzida respeitando a proporção da participação de cada um dos sócios majoritários na Telpart. Entretanto, o desfecho foi diferente e a explicação, novamente, está na atuação dos acionistas minoritários. Na reunião da Tele Norte eles compareceram em menor número e só garantiram três assentos no conselho. Telpart, então, ficou com oito vagas, assim divididas: TIW, três; Opportunity, três; fundos de pensão, duas. A oitava vaga ficou com o banco gestor exatamente para respeitar a questão da proporção na Telpart. Por fim, dos três conselheiros eleitos pelos minoritários, dois foram escolhidos pela Latinvest e um pelo Opportunity, pois, segundo a mesma fonte, o banco gestor teria, na semana passada, comprado uma quantidade significativa de ações ordinárias da empresa que pertenciam ao Banco Safra.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top