OUTROS DESTAQUES
Aportes mudam controle acionário
quarta-feira, 14 de novembro de 2001 , 21h23 | POR REDAÇÃO

A reestruturação foi acompanhada da criação de uma holding (Vésper Holding), que absorveu a maior parte da dívida (US$ 1,1 bilhão junto a fornecedores e US$ 100 milhões referente a crédito de um dos acionistas). Responsável pela injeção de maior volume de capital, a Qualcomm transformou-se em controladora do negócio, com 70,5% das ações. A Velocom ficou com 23,5% e, finalmente, a BCI, que não acompanhou o aumento do capital, ficou com 6%. Marco Aurélio Rodrigues, presidente da Qualcomm do Brasil, reafirmou o interesse da empresa em transferir sua participação para um novo parceiro operacional em no máximo 12 meses, conforme anúncio feito no último balanço.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top