OUTROS DESTAQUES
SmartTVs
Xbox LIVE se consolida como plataforma de consumo de vídeo
sexta-feira, 14 de outubro de 2011 , 17h03 | POR REDAÇÃO

A Microsoft lançou esta semana, em conjunto com operadoras de TV e grupos de mídia, um serviço que permitirá pesquisar e exibir conteúdos a partir da plataforma Xbox LIVE nos consoles Xbox 360. Entre as quase 40 empresas parceiras estão Bravo, Comcast, HBO GO, Verizon FiOS e Syfy (nos Estados Unidos), bem como BBC (Reino Unido), Telefónica (Espanha), Rogers On Demand (Canadá), Televisa (México), ZDF (Alemanha) e MediaSet (Itália).

O serviço estará disponível em 20 países (o Brasil não está no grupo). Segundo a Microsoft, o Xbox LIVE tem 35 milhões de membros ao redor do mundo.

Com este serviço, a Microsoft dá um importante passo para consolidar seu console como uma plataforma de consumo de vídeo online. Além das parcerias recém anunciadas, a Microsoft também oferece aos assinantes de seu serviço Xbox LIVE em alguns países uma locadora virtual própria, com títulos oferecido em um modelo transacional, e conta com integração com o serviço de assinatura de vídeos Netflix. Este último deve ser oferecido na plataforma da Microsoft no Brasil até o final do ano.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
, ,
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
 
Top