OUTROS DESTAQUES
Marketing
Operadoras despertam para os clientes pré-pagos
quarta-feira, 14 de setembro de 2011 , 16h15 | POR REDAÇÃO

As operadoras estão cada vez mais interessadas em oferecer pacotes vantajosos para os clientes pré-pagos, hoje a maior fatia da base de assinantes da telefonia móvel.  Para o diretor regional da Claro, Ricardo César, não adianta querer migrar o cliente para um plano pós-pago, mas, sim, dar mais oportunidades àqueles que optam por planos onde é mais fácil controlar gastos. “Podemos, por exemplo, continuar a crescer a cobertura 2G e 3G”, comentou o executivo durante a Futurecom 2011.

Os números da Vivo, líder do segmento móvel, mostram a importância que estes clientes têm para as operadoras: atualmente 51 milhões de assinantes da tele possuem linhas pré-pagas, ou seja, 80% da base total da operadora. “Eles são quase a metade das receitas”, comentou o diretor de marketing móvel da operadora, Daniel Cardoso.

A diretora de telecomunicações e mídia da IBM Brasil, Solange Carvalho, ressaltou que as operadoras precisam olhar mais para este segmento, que deve alcançar R$ 49 bilhões em faturamento nos próximos dez anos, um crescimento de 37% no período, segundo estudo da consultoria Boanerger & Cia. “Hoje esse setor é 6,6% do consumo privado do País”, disse.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
, ,
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
 
Top