OUTROS DESTAQUES
Tecnologia
3GPP completa nova padronização para 5G
quinta-feira, 14 de junho de 2018 , 20h25

Durante plenárias nesta semana na cidade de La Jolla, nos Estados Unidos, várias empresas cossignatárias do grupo de padronização de tecnologia móvel 3GPP aprovaram as especificações do release 15, que essencialmente deixa mais próxima a implantação comercial da 5G. Segundo informa a entidade nesta quinta-feira, 14, o release complementa o padrão das especificações para a 5G New Radio non-standalone, aprovado em dezembro do ano passado, e permite a implantação independente, além de arquitetura de rede fim-a-fim. Com isso, agora as especificações chegam em um "estágio oficial de finalização", segundo o chairman da 3GPP Erik Guttman, em comunicado.

Mais de 600 delegados representantes de operadoras e fornecedores, além de outras verticais, estiveram presentes na plenária. "Os serviços comerciais 5G estão mais perto do que nunca com a finalização do release 15 do 3GPP", afirmou o vice-presidente de arquitetura de acesso e padronização da AT&T, Hank Kafka. "O marco permitirá testes mais avançados usando equipamentos padronizados e pavimenta o caminho para nosso lançamento comercial da 5G em uma dúzia de cidades ainda este ano", complementou.

O head de tecnologia e inovação da Telecom Italia, Enrico Bagnasco, afirmou que isso permitirá expandir o alcance das redes atuais para novos segmentos de mercado. "A disponibilidade de um quadro completo de padrões NSA [non-standalone] e SA [standalone] vai abrir várias opções para implantação da nova tecnologia, impulsionando uma nova geração de dispositivos", declarou.

A China Telecom, por meio do EVP, Liu Guiqing, afirmou que planeja "liderar os esforços em verificar o desempenho especificado e otimizar os recursos inovadores por meio de testes de campo em várias cidades". Declarou também que pretende trabalhar com o 3GPP para definir o release 16, considerado "crítico" para as aplicações de redes uRLLC (Ultra-Reliable Low Patency Cellular, ou conexão ultraconfiável de baixa latência, em uma tradução livre).

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME. Mais informações pelo email eventos@teletime.com.br

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME.

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
Top