OUTROS DESTAQUES
Balanço financeiro
Algar encerra trimestre com crescimento em receita
segunda-feira, 14 de Maio de 2018 , 20h15

A operadora mineira Algar Telecom registrou crescimento em receita e lucro no primeiro trimestre. Segundo balanço financeiro divulgado nesta segunda-feira, 14, na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o aumento foi garantido pelos avanços nas bandas largas fixa e móvel.

A receita líquida da Algar no trimestre foi de R$ 706,6 milhões, um aumento de 8,1% comparado ao mesmo período do ano passado. A receita operacional bruta foi de R$ 913 milhões, avanço de 6,7%. Dentro desse montante, a receita da área de telecom foi de R$ 666,2 milhões, aumento de 6,6%. O segmento para consumidor foi de R$ 297,6 milhões (crescimento de 4,5%), enquanto o para empresas foi R$ 376,7 milhões (aumento de 8,2%).

Em telecom para o consumidor final, a banda larga fixa foi cresceu 14,3% e somou R$ 88,1 milhões no trimestre. A receita de voz fixa cresceu também (6,9%) e totalizou R$ 68 milhões. A TV por assinatura obteve 1,3% de aumento e encerrou o período com R$ 31,1 milhões. Já a banda larga móvel avançou 12,3% (total de R$ 41,2 milhões), enquanto a voz móvel caiu 20,5% e somou R$ 53,5 milhões. Outros serviços não especificados cresceram 67% e totalizaram R$ 15,7 milhões.

A receita de BPO e gestão de TI aumentou 6,9% e somou R$ 246,8 milhões nos primeiros três meses do ano. Os dados representaram R$ 299,9 milhões da receita total B2B, um aumento de 17,1%. Porém, houve queda em voz (6,5%) e outros serviços (29,5%), que totalizaram R$ 48,9 milhões e R$ 27,9 milhões, respectivamente.

Com crescimento de 23,7%, o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBTIDA) totalizou R$ 210,6 milhões no trimestre. A margem EBTIDA avançou 3,8 pontos percentuais e ficou em 29,8%. O lucro líquido da companhia mineira foi de R$ 56,1 milhões, um aumento de 68,5% comparado com igual período do ano anterior.

Operacional

A companhia encerrou o trimestre com 98,3 mil acessos B2B, avanço de 12,3%. Para o consumidor final, a empresa ficou com 2,283 milhões de unidades geradoras de receita, avanço de 1,4%. Dessas, 450 mil foram de banda larga fixa, um crescimento de 9,5%. E dentro desse tipo de conexão, metade (225 mil) eram de velocidades acima de 10 Mbps ,um crescimento de 31,6%.

A telefonia fixa encerrou março com 541 mil UGRs, avancó de 2,2%. A TV por assinatura tinha 90 mil contratos, um crescimento de 1,2%.

A telefonia móvel caiu 1,7% e ficou em 1,201 milhão de contratos. Desses, 887 mil eram pré-pagos (queda de 5,3%) e 315 mil de pós (aumento de 9,9%). A receita média por usuário (ARPU) móvel foi de R$ 21,60.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O Painel TELEBRASIL, mais tradicional encontro de posicionamento do setor de telecomunicações, discutirá em 2018 os rumos da indústria depois do ciclo de sucesso completado com os 20 anos da privatização do sistema estatal de telecomunicações. A realidade da Internet das Coisas, a chegada da tecnologia de 5G, a necessidade um ambiente mais flexível e dinâmico para os investimentos essenciais a esta nossa etapa e um modelo preparado para o futuro são alguns dos desafios em debate, com presença dos presidentes das principais empresas prestadoras de serviços e provedoras de tecnologias, além de autoridades, reguladores e especialistas.
Em sua edição de número 62, o Painel TELEBRASIL 2018 ganha um dia a mais de debates, com mais espaço e oportunidades para a troca de informações, relacionamento e atualização, tanto para profissionais da indústria quanto para reguladores e formuladores de políticas, que têm acesso gratuito ao evento (mediante inscrição prévia). É o espaço em que as principais lideranças da indústria marcam posição em relação a estratégias, tecnologias e políticas públicas neste novo ciclo.

22 de Maio a 24 de Maio
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
EVENTOS

Evento oficial da Associação Brasileira de Empresas de Telecomunicações, o Painel TELEBRASIL, mais tradicional encontro de posicionamento do setor. É o espaço em que as principais lideranças da indústria marcam posição em relação a estratégias, tecnologias e políticas públicas.

22 de Maio a 24 de Maio
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top