OUTROS DESTAQUES
Mercado
Telefônica divulga proposta de simplificação da estrutura societária
segunda-feira, 14 de março de 2016 , 19h57

A Telefônica divulgou nesta segunda, 14, em fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a nova e simplificada estrutura societária da empresa no Brasil após a incorporação da GVT. O conselho de administração da companhia aprovou os termos e condições da reestruturação societária, que deverá ser discutida em assembleia geral extraordinária no próximo dia 1º de abril, quando deverá ser aprovada a incorporação da GVT Participações.

A movimentação tem como objetivo, além da otimização de custos administrativos e operacionais, favorecer um ambiente de convergência, facilitando a consolidação e "confluência na oferta de serviços de telecomunicação e a simplificação da oferta de pacotes de serviços". Ou seja, padronizar os processos da GVT e da Telefônica, unindo as duas operações. No dia seguinte à assembleia, em 2 de abril, a marca GVT deixará de existir, conforme previamente anunciado pelo presidente da companhia, Amos Genish.

A reestruturação é necessária para que a GVT seja cindida e seu arquivo líquido seja, em parte, vertido para a GVT Participações e, na outra parte, para a Pop Internet. Os bens, direitos e obrigações relacionados às atividades de telecomunicações da GVT serão absorvidos pela GVT Part., e a parcela restante, referente às demais atividades que não sejam de telecom, serão então absorvidas pela Pop. Confira o antes e depois abaixo.

GVT Telefonica ANTES GVT Telefonica DEPOIS

Não há custos relevantes e nem riscos relacionados à reestruturação societária. Como a GVT Part. não possui acionistas não controladores, já que ela é subsidiária integral da Telefônica, não haverá também substituição de ações de minoritários. Da mesma forma, o direito de recesso aos acionistas não caberá no caso pela mesma razão. A reestruturação já recebeu aprovação da Anatel em anuência prévia em 22 de janeiro.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME. Mais informações pelo email eventos@teletime.com.br

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME.

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
Top