OUTROS DESTAQUES
Carreiras
Mais uma baixa na Oi: conselheira pede renúncia
segunda-feira, 13 de junho de 2016 , 12h31

Após a saída de Bayard Gontijo da presidência da Oi na sexta-feira, 10, o conselho de administração da companhia precisa lidar com mais uma baixa. Robin Bienenstock, sócia da consultoria financeira Gladwyne Partners e também conselheira das operadoras Sunrise Communications (Suíça) e Tele Columbus (Alemanha), pediu renúncia ao seu cargo no conselho da empresa brasileira, de acordo com fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nesta segunda-feira, 13. Com a renúncia de Bienenstock, assume seu lugar o suplente, Marcos Grodetzky, executivo com passagens pela Editora Abril e pela organização sem fins lucrativos União Israelita Brasileira do Bem Estar (Unibes) . A conselheira não era ligada diretamente, mas tinha o aval da Andrade Gutierrez para participar do conselho.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top