OUTROS DESTAQUES
SVAs
SVAs: Anatel agora mira em pacotes pós-pagos
sexta-feira, 13 de Abril de 2018 , 22h39

[Matéria originalmente publicada no Mobile Time] Depois de mergulhar fundo no problema da cobrança à revelia de serviços de valor adicionado (SVAs) pelas operadoras móveis aos seus assinantes pré-pagos, a Anatel agora muda de foco. A agência está preocupada com a inclusão de SVAs nos pacotes pós-pagos. O principal problema, no entender da superintendente de relações com os consumidores da Anatel, Elisa Leonel, é que muitos consumidores reclamam de não terem a opção de contratação de planos sem os SVAs. Além disso, há queixas relativas à usabilidade desses serviços.

"O fato de termos resolvido parte do problema no pré-pago não quer dizer que esteja tudo resolvido. Temos um novo desafio: os SVAs no pós-pago. Estamos atentos ao movimento de formação de pacotes no pós-pago. Há duas questões: 1) a indução à migração para planos com pacotes digitais, pois as pessoas alegam que não tiveram a opção de contratar pacotes sem esses serviços digitais; 2) reclamações sobre a própria usabilidade desses SVAs", comenta Leonel, em entrevista para Mobile Time.

Várias teles têm acrescentado SVAs a pacotes pós-pagos, para torná-los mais atraentes aos consumidores. Em geral são serviços com alta percepção de valor, como streaming de música, streaming de filmes e séries, acesso a jornais e revistas etc. O modelo de negócios costuma ser o "freemium": o usuário acessa uma versão básica como parte do seu plano, mas pode a qualquer momento assinar a versão premium, com mais funcionalidades, e aí pagar à parte por isso.

No âmbito do pré-pago, as teles se comprometeram a tomar uma série de medidas para reduzir a quantidade de reclamações. Tais ações estão prevista sem planos enviados à Anatel e já aprovados pela agência. Leia aqui matéria de Mobile Time sobre o tema.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O Painel TELEBRASIL, mais tradicional encontro de posicionamento do setor de telecomunicações, discutirá em 2018 os rumos da indústria depois do ciclo de sucesso completado com os 20 anos da privatização do sistema estatal de telecomunicações. A realidade da Internet das Coisas, a chegada da tecnologia de 5G, a necessidade um ambiente mais flexível e dinâmico para os investimentos essenciais a esta nossa etapa e um modelo preparado para o futuro são alguns dos desafios em debate, com presença dos presidentes das principais empresas prestadoras de serviços e provedoras de tecnologias, além de autoridades, reguladores e especialistas.
Em sua edição de número 62, o Painel TELEBRASIL 2018 ganha um dia a mais de debates, com mais espaço e oportunidades para a troca de informações, relacionamento e atualização, tanto para profissionais da indústria quanto para reguladores e formuladores de políticas, que têm acesso gratuito ao evento (mediante inscrição prévia). É o espaço em que as principais lideranças da indústria marcam posição em relação a estratégias, tecnologias e políticas públicas neste novo ciclo.

22 de Maio a 24 de Maio
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
EVENTOS

Evento oficial da Associação Brasileira de Empresas de Telecomunicações, o Painel TELEBRASIL, mais tradicional encontro de posicionamento do setor. É o espaço em que as principais lideranças da indústria marcam posição em relação a estratégias, tecnologias e políticas públicas.

22 de Maio a 24 de Maio
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top