OUTROS DESTAQUES
Operadores celulares querem cobrar Fust na conta telefônica
terça-feira, 13 de abril de 1999 , 19h41 | POR REDAÇÃO

Representantes da Acel, associação que agrega os operadores de telefonia celular, reuniram-se com o ministro das comunicações, Pimenta da Veiga, na tarde desta terça, 13, para pedir, entre outras coisas, que os valores repassados pelas empresas ao Fust (Fundo de Universalização das Telecomunicações) sejam cobrados dos clientes e discriminados nas contas telefônicas. Com isto, os operadores esperam que assim que o projeto do fundo seja aprovado pelo Congresso, o valor cobrado às operadoras seja repassado inteiramente ao consumidor. O projeto do Fust já tem um relator no Congresso: o deputado federal Salvador Zimbaldi, do PSDB paulista. Estiveram presentes na reunião com o ministro os executivos Luiz Alberto Garcia, representando a CTBC Celular e ATL, Adalberto Vianna, presidente da Americel, e Antônio dos Santos, VP de negócios da Telemig Celular e da Amazônia Celular.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top