OUTROS DESTAQUES
QUALIDADE
Pesquisa de satisfação mostra leve melhora e desempenho "de razoável para bom" das operadoras
terça-feira, 13 de Março de 2018 , 20h16

A telefonia móvel pós-paga, com nota 6,99, foi o serviço que teve melhor desempenho entre os demais serviços de telecomunicações, segundo Pesquisa de Satisfação e Qualidade Percebida, realizada em 2017 e apresentada nesta terça-feira, 13, pela Anatel. O serviço de banda larga fixa, por sua vez, foi o que teve menor satisfação geral (6,23)

O estudo avaliou ainda outras cinco modalidade de serviços de telecomunicações: os usuários deram notas para telefonia fixa (6,92), TV por assinatura (6,93) e telefonia móvel pré-paga (6,83). Em linhas gerais, o desempenho é um pouco melhor se comparado com os números registrados nos levantamentos de 2015 e 2016. Porém, a capacidade de resolução e o atendimento ao cliente ainda têm espaço para melhorar, no entendimento da agência. A pesquisa traz dados muito detalhados sobre a satisfação e qualidade percebida em diferentes quesitos, segmentado por operadora e por regiões do país. Os relatórios completos de desempenho dos serviços por operadora e região estão disponíveis aqui.

O levantamento foi realizado entre os meses de julho e dezembro do ano passado e ouviu 139 mil usuários em todas as unidades da federação. De acordo com os dados apresentados pela superintendente de relações com consumidores da agência, Elisa Vieira Leonel, só foram selecionados usuários de empresas com mais de 50 mil assinantes em cada serviço.

No geral, a média de todos os serviços ficou um pouco superior a 6. Para o vice-presidente da agência, conselheiro Anibal Diniz, "foi uma avaliação 'razoável para boa', na medida em que o pesquisado dá nota de 0 a 10".

No questionário, a pesquisa questiona o atendimento, capacidade de resolução, cobrança, funcionamento, oferta e contratação. Ao avaliar o desempenho nestes itens, a superintendente destaca que os aspectos relacionados ao atendimento e resolução são ainda desafios a serem superados pelas prestadoras. "Avaliamos, no geral, que houve uma melhora em relação à última pesquisa realizada em 2016. No entanto, ainda há um bom espaço para melhora", ressalta.

Operadoras e serviços

Entre as operadoras na telefonia móvel pós-paga, a MVNO Porto Seguro foi a que teve as melhores notas, no Rio de Janeiro (8,33) e em São Paulo (8,31). Já a Oi obteve as menores notas, em Minas Gerais (5,48) e Maranhão (5,94), assim como a menor nota geral (6,2).  No serviço pré-pago, as notas mais altas são da Vivo AL (8,19) e Claro PA (7,95). Os piores desempenhos são da Oi CE (6,23) e Vivo AM (6,27)

Na telefonia fixa, a Secomtel, no Paraná, obteve nota 8 e a TIM, no Rio de Janeiro, teve 7,88. Foram as que tiveram melhor avaliação dos assinantes. A Oi recebeu as piores avaliações, nos estados da Bahia (5,65) e em Roraima (5,95).

Na banda larga fixa, a TIM (RJ) teve a melhor nota (7,71), seguida pela Cabo no Rio Grande do Norte (7,64). Os piores desempenhos ficaram com a Sky no Maranhão (4,67) e no Pará (4,87)

No serviço de TV por assinatura, as quatro maiores notas são da Nossa TV no Rio Grande do Sul (9,02), Rio de Janeiro (9,00), São Paulo (8,65) e Minas Gerais (8,40). As notas mais baixão são para a Net São Paulo (6,32) e Vivo na Bahia (6,53).

Confira abaixo os resultados do ranking de satisfação pelos diferentes serviços:

STFC

Banda Larga

TV por assinatura

Telefonia móvel (Pós-pago)

Telefonia móvel (Pré-pago)

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O Painel TELEBRASIL, mais tradicional encontro de posicionamento do setor de telecomunicações, discutirá em 2018 os rumos da indústria depois do ciclo de sucesso completado com os 20 anos da privatização do sistema estatal de telecomunicações. A realidade da Internet das Coisas, a chegada da tecnologia de 5G, a necessidade um ambiente mais flexível e dinâmico para os investimentos essenciais a esta nossa etapa e um modelo preparado para o futuro são alguns dos desafios em debate, com presença dos presidentes das principais empresas prestadoras de serviços e provedoras de tecnologias, além de autoridades, reguladores e especialistas.
Em sua edição de número 62, o Painel TELEBRASIL 2018 ganha um dia a mais de debates, com mais espaço e oportunidades para a troca de informações, relacionamento e atualização, tanto para profissionais da indústria quanto para reguladores e formuladores de políticas, que têm acesso gratuito ao evento (mediante inscrição prévia). É o espaço em que as principais lideranças da indústria marcam posição em relação a estratégias, tecnologias e políticas públicas neste novo ciclo.

22 de Maio a 24 de Maio
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
EVENTOS

Evento oficial da Associação Brasileira de Empresas de Telecomunicações, o Painel TELEBRASIL, mais tradicional encontro de posicionamento do setor. É o espaço em que as principais lideranças da indústria marcam posição em relação a estratégias, tecnologias e políticas públicas.

22 de Maio a 24 de Maio
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top