OUTROS DESTAQUES
TV por assinatura
TV paga fecha maio com 18,9 milhões de assinantes e base estável
terça-feira, 12 de julho de 2016 , 17h19

O serviço de TV por assinatura fechou o mês de maio com 18,9 milhões de assinantes. O setor parece estar chegando a um momento de estabilização do churn (desligamento) e queda na base. Em um ano, o serviço perdeu 816.466 assinantes, sendo 208.775 em 2016. No entanto, há um ano, a base total havia caído 0,22% em apenas um mês. De abril para maio de 2016, a queda foi de 0,019%. A perda de base em maio foi de 3,5 mil clientes.

O churn ficou concentrado no DTH, que perdeu 15 mil assinantes em maio, fechando o mês com base de 10,84 milhões – além do MMDS, que perdeu 112 assinantes, fechando o mês com apenas 8,49 mil.

Já o cabo e o FTTH cresceram, mesmo analisando períodos mais longos. Em 12 meses, a base do cabo cresceu 165.852, ou 2,15%, enquanto a base do serviço por fibra conquistou 57,4 mil assinantes, um salto de 44,27%. Mesmo com o crescimento acelerado, a plataforma de distribuição ainda representa menos de 1% do total do mercado.

Grupos econômicos

Entre os grupos econômicos a América Móvil, já somando a base da Blue, fica com participação de mercado de 52,66%, chegando a 9,95 milhões de lares, sendo que a Claro TV teve ainda uma queda significativa de base no mês, de 17,7 mil clientes, o que foi apenas em parte compensado pelo crescimento das operações de cabo da Net, que somaram 14 mil assinantes e seguem em crescimento constante sem nunca ter perdido base. A esta base da América Móvil deve ser somado o total de assinantes da Blue (138 mil clientes), cujo dado ainda não está consolidado na Anatel.

A Sky também cresceu, para 5,34 milhões (28,28% de share), com crescimento de 5,7 mil clientes no mês. A Oi TV também expandiu significativamente a base em maio (em comparação com outros meses do período de crise), adicionando cerca de 10,3 mil clientes e chegando a 1,196 milhão de assinantes.Em 12 meses, a operadora cresceu 1,05%, chegando a 1,19 milhão de lares.

A Vivo TV perdeu em maio cerca de 9 mil clientes, fechando em 1,76 milhão (9,35% de market share).

 

As pequenas operadoras perderam cerca de 2,7 mil clientes e hoje somam 538 mil clientes.

COMENTÁRIOS

2 Comentários

  1. MARCELO disse:

    A SKY ESTA MAQUIANDO OS NUMEROS

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME. Mais informações pelo email eventos@teletime.com.br

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME.

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
Top