OUTROS DESTAQUES
Operação
Claro/Net anuncia Copa em 4K e prepara catálogo de produtos em UHD para o Now
terça-feira, 12 de junho de 2018 , 18h50

A Claro Brasil (que congrega a operadora móvel Claro e as operadoras de TV paga Net e Claro TV) anunciou cinco novidades para a Copa do Mundo nesta terça, 12. Em evento à imprensa, a operadora anunciou parceria com a Globosat para transmissão da cobertura do canal SporTV do evento em 4K; streaming dos jogos nos celulares sem consumo do pacote de dados para as partidas transmitidas no SporTV e do Fox Sports; o Passaporte Europa para roaming na Rússia dentro da franquia do pacote no Brasil; o aplicativo para smartphones de treinos de futebol Neymar Jr. Experience; e o serviço Claro Sync, que permite que o mesmo número e o mesmo plano do smartphone seja utilizado em outros dispositivos conectados, com a utilização  pela primeira vez da tecnologia de eSIM.

Segundo Rodrigo Marques, diretor executivo de Estratégia e Gestão da Claro Brasil, a operadora investiu em 2017 R$ 8 bilhões no Brasil. "O investimento dos últimos anos é para atender a demanda grandes eventos como este", disse.

"Nesta edição, não teremos apenas a cobertura completa, mas cobertura 360º do evento. O cliente vai ver a Copa onde ele estiver. Muita coisa acontece em momentos em que precisa da segunda tela", disse Marcio Carvalho, diretor de marketing da Claro.

TV

"Esta é a primeira vez que teremos uma Copa verdadeiramente em 4k no Brasil. Em 2014, fizemos algumas transmissões, mas de apenas 3 jogos. Agora não são mais demonstrações. Chegamos à casa do assinante, com caixas preparadas com toda a tecnologia necessária para o 4k e HDR", explica Carvalho.

O conteúdo em ultra HD estará disponível aos clientes da seleção de canais mais completa, Net Top HD. Além do decodificador compatível, é necessário um aparelho de TV 4K para ter as imagens na mais alta resolução. O assinante deve solicitar a troca do decodificador e pagar uma taxa de instalação, no valor de R$ 90,00. Quem solicitar mudança para o plano Top HD também será elegível a mesma oferta.

Serão transmitidas 56 partidas em 4K, incluindo todos os jogos da Seleção Brasileira, no canal 704, nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Campinas, Florianópolis, Ribeirão Preto e Santos. Os jogos exibidos em Ultra HD também ficarão disponíveis no Now, plataforma de VOD da operadora.

A caixa é fornecida pela Sagem e mantém a mesma interface dos modelos top da geração anterior, HD. Além das partidas da Copa, a Net já começa a contar com uma pequena seleção de títulos em 4K no Now. Segundo o diretor de produtos vídeo da América Móvil, Alessandro Maluf, a oferta de conteúdos agora começa a crescer, tanto para a oferta de conteúdos dos canais, quanto para lançamentos de filmes, na modalidade transacional. A caixa instalada agora na Copa, ficará na casa do assinante para a nova fase do 4K da operadora. "Por enquanto, não vemos a chegada de canais lineares em 4K, mas a oferta de conteúdos no Now crescerá rapidamente e poderemos ter canais eventuais, como acontece em outros eventos, sobretudo esportivos", disse Maluf a este noticiário.

A qualidade do 4K da Net é substancialmente melhor ao vídeo em 4K dos serviços de streaming. Isso porque, tanto no VOD quanto no linear, o sinal não chega às caixas por IP. O stream QAM é com bitrate fixo de 16 Mbps.

As partidas transmitidas pelo SporTV e Fox Sports em HD também contarão com o "Replay TV", recurso da Net que possibilita voltar ou recomeçar um programa da TV que já começou. O recurso está disponível pelo guia de programação, nos canais compatíveis com a funcionalidade.

As caixas 4K, bem como as caixas mais recentes, instaladas nos últimos três anos, passam a contar agora com uma App Store. O primeiro aplicativo lançado é a tabela de jogos da Copa da Rússia.

Na Claro TV (DTH), além da transmissão da SporTV e Fox Sports em HD, o cliente conta com os conteúdos do Now pelo controle remoto na nova geração de decodificadores, que permite conexão à internet por meio de uma porta Ethernet.

Smartphones

Para a Claro, esta deve ser a Copa mais multiplataforma, daí a ideia da cobertura 360º. "Pela primeira vez nossos clientes podem acompanhar todos os jogos, onde estiverem, da forma que desejarem", disse Rodrigo Marques.

Entre os fatores que devem contribuir para o aumento na demanda pelas transmissões via celular estão o horário das partidas, que devem ocorrer, principalmente, em horário comercial; o aumento da cobertura 4G e da disponibilidade de Wi Fi; maior penetração de smartphones; possibilidade de assistir pelos Apps.

A novidade da Claro é que o streaming das partidas nos celulares da operadora será ilimitado, sem descontar do pacote de dados do assinante. A regra vale apenas para o aplicativo Net Now – não valendo, portanto, para os aplicativos dos canais – e para qualquer plano de dados pós-pago. Apenas os assinantes dos canais esportivos têm acesso às transmissões. No entanto, a franquia ilimitada não é restrita aos assinantes do serviço de TV. Dessa forma, um assinante do serviço móvel pode ver as partidas em seu celular corporativo, por exemplo.

Para quem vai acompanhar o evento na Rússia, a operadora lançou recentemente o Passaporte Europa, que permite utilizar o celular da Claro normalmente na Rússia, sem sustos na conta. O serviço funciona em 48 países da Europa.

O Passaporte Europa tem contratação anual, com valor total parcelado em 12 vezes de R$19,99. A contratação é opcional e exclusiva para clientes dos planos Pós Ilimitados da Claro.

A Claro também lançou em primeira mão a nova plataforma digital Neymar Jr. Experience, o aplicativo oficial do jogador. Lançada em parceria com a Digible, a plataforma oferece treinos para melhorar as habilidades no futebol, propõe desafios, experiências exclusivas com o atleta e permite que os clientes compartilhem seus talentos com os demais participantes.

Também é possível participar de promoções para conferir treinos, jogos e ganhar camisas autografadas pelo camisa 10 do Paris Saint-Germain. Os melhores vídeos dos desafios propostos pelo app ainda podem ser postados nas redes sociais de Neymar. A operadora é a primeira a oferecer o serviço, que roda sobre plataforma tecnológica desenvolvida pela Hi Education, e estará disponível para os sistemas Android e, em breve, iOS. O serviço tem custo de R$4,99 por semana.

IoT

A operadora também ativou a tecnologia eSIM, que não exige um chip (SIM card) físico instalado no dispositivo. As configurações da operadora e o número são enviados por meio da própria rede, direto para o equipamento.

Além disso, a chegada do serviço Claro Sync permite que o mesmo número e o mesmo plano do smartphone seja utilizado em outros dispositivos conectados. Segundo a operadora, em um futuro breve, aplicações de IoT, tais como carros conectados, wearables e sensores diversos farão uso da nova tecnologia e-SIM e do novo serviço Claro Sync. Essa solução se soma aos investimentos em tecnologia, como a aplicação NB-IoT (Narrow Band IoT).

COMENTÁRIOS

2 Comentários

  1. Paulo Peixoto disse:

    Olá Fernando. Li este seu artigo e, evidente, liguei para a NET para solicitar a troca do equipamento aqui em Belo Horizonte. Mas, como estamos no Brasil, onde o direito do consumidor sempre está sujeito a mil interpretações, constatei mais essa embromação: a NET me informou que nenhuma daquelas cidades listadas no seu texto, fora do eixo Rio-São Paulo, terá acesso à transmissão 4k e,logo, não há equipamento a ser substituido. Li o seu texto para ela, que concluiu ser apenas para os clientes da Claro TV.
    Bom, só me restou reclamar, óbvio, e deduzir que, se a empresa usa Claro/ NET no seu marketing e negócio, isso não passa de uma trucagem com o único propósito de querer levar alguma vantagem. E pelo que me consta, paga-se pela NET Top HD em BH o mesmo que se cobra no Rio e em São Paulo.
    Ah, e como eu reclamei com a atendente do tratamento diferenciado, era evidente que a ligação depois caísse –e a operadora não ligou de volta, claro, né? Obrigado!

  2. Cristiano disse:

    Solicitei a troca pelo decoder 4K NET.
    Técnicos desconhecem tal equipamento e a NET pediu 10 dias para abastecer terceirizada responsável pelas instalações. Quando a Copa acabar o decoder estará disponível, lamentável.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top