OUTROS DESTAQUES
Bovespa ainda é mais interessante que bolsas estrangeiras?
quarta-feira, 12 de maio de 1999 , 23h00 | POR REDAÇÃO

A questão que está sendo colocada no mercado é a da influência no Brasil de um processo de realização de lucros do mercado americano. Os mais otimistas acreditam que a influência, desta vez, não será tão grande, porque as ações no Brasil ainda não recuperaram valor: nos últimos 12 meses o Ibovespa caiu 20% frente ao dólar e o FGV-100 caiu 12%. Já o índice Dow Jones cresceu 20% e o Nikkei, 9,2%. Os mais pessimistas ponderam, contudo, que desde o começo de 1999 o Ibovespa cresceu 32,7% em dólares e o FGV-100, 47,6%. No mesmo período, o Dow Jones subiu 20,1% e o Nikkei 21%. O mais provável, dizem os pessimistas, é que os investidores já se sintam recompensados aqui e migrem para mercados mais seguros, como os títulos do tesouro norte-americano.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Comece o ano com um debate atualizado e aprofundado sobre os principais pontos da pauta política e regulatória do setor de Comunicações para o ano de 2019, as perspectivas para o novo governo e para o trabalho da Anatel, além de discussões aprofundadas sobre o modelo de regulação por incentivos e a aplicação  e implicações da Lei de Proteção de Dados para o setor de telecomunicações.

19 de fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top